Augusto N. Sampaio Angelim
Porque todo homem deve ter um lugar aonde ir (Dostoiévski)
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos
Filmes (3) Livros (10)
Título Categoria Data Leituras
SOBRE A MORTE DE IVAN ILITICH Resenhas > Livros 18/06/12 147
SOBRE A BREVIDADE DA VIDA (De brevitate vitae) Resenhas > Livros 04/06/12 410
O TEMPERO DA VIDA: ALMÔNDEGAS COM CANELA Resenhas > Filmes 02/05/12 705
ERA UMA VEZ NO OESTE Resenhas > Filmes 05/03/12 329
SILÊNCIO NO BORDEL DE TIA CHININHA Resenhas > Livros 26/02/12 274
À PROCURA DOS IRMÃOS KARAMAZÓV. Resenhas > Livros 25/02/12 236
HÁ TANTO TEMPO QUE TE AMO Resenhas > Filmes 07/02/11 827
NOTAS DO SUBSOLO, de Fiódor DOSTOIÉVSKI Resenhas > Livros 03/08/10 491
300 CLIENTES HABITUAIS - 15 MESES COMO PROSTITUTA Resenhas > Livros 07/04/10 893
MARIA DE CADA PORTO Resenhas > Livros 28/12/09 139
A BIBLIOTECA MÁGICA DE BIBBI BOKKEN Resenhas > Livros 09/02/08 4158
UM CEMITÉRIO DE LIVROS (A SOMBRA DO VENTO) Resenhas > Livros 04/02/08 1294
UM LIVRO POR DIA Resenhas > Livros 22/01/08 256