Augusto N. Sampaio Angelim
Porque todo homem deve ter um lugar aonde ir (Dostoiévski)
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

JOGOS MORTAIS EM SANTANA DO IPANEMA
 
 
 
            Em Santana do Ipanema, município do interior alagoano, que dista cerca de 170 quilometros de Maceió, boa parte de sua juventude confunde alegria com total irresponsabilidade e, o que é pior, com a anuência das autoridades locais. Estava navegando pela internet quando deparei com uma reportagem sobre a morte de um jovem, ocorrida nesse domingo (29/05) num incrível acidente. No campo de aviação, cuja pista é de terra batida, ao som de muito forró, centenas de jovens – cada um com uma latinha de bebida na mão, fica de um lado e do outro da pista se deleitando com a ação de motoristas que disparam do inicio ao fim da pista com a finalidade de darem um cavalo-de-pau em seus belos e possantes carros.
           
            O cavalo-de-pau é uma manobra muito arriscada e a sensação do perigo é o que motiva o jogo que acabou sendo mortal e filmado por um dos presentes.
           
            Não conheço os envolvidos e muito menos o morto, mas fiquei penalizado com a atitude banal da assistência, que, vibrou enquanto o veiculo capotava e, consumada a tragédia, correu em direção ao carro, gritando, cantando e sorrindo. Na filmagem não aparece ninguém com ar de preocupado e um garoto, com cara de idiota, olha para a câmera e afirma, em êxtase: “é a festa da juventude!”. Um outro grita: “amanhã ele tem dinheiro para comprar dois desses”, certamente se referindo à riqueza do proprietário do veículo, uma caminhonete Hilux novinha.
 
            Fico a me perguntar, se aquela garotada não tinha outra coisa para fazer, ao invés de participar de um evento totalmente desprovido de segurança. Porém o mais grave é a omissão das autoridades. Pois, pela quantidade de gente  que estava assistindo a “brincadeira” é impossível que a polícia, o prefeito, juiz e promotor não soubessem da existência desse tão edificante e instrutivo jogo, capaz de desenvolver as potencialidades individuais, notadamente do intelecto, além de promover a integração social entre a juventude.
 
            Meus pêsames à população de Santana do Ipanema, aliás, apesar da beleza que o nome Ipanema evoca e daí o nome da Cidade, já que banhada pelas águas desse rio que nasce no agreste pernambucano e deságua no São Francisco, Ipanema, na linguagem indígena significa, água ruim, imprestável. Em julho acontecerá o tão falado Festival da Juventude, será que os “doutores” santanenses tomarão alguma providencia ou essa vilania continuará acontecendo?
 
Augusto Sampaio Angelim
Enviado por Augusto Sampaio Angelim em 30/05/2011
Alterado em 30/05/2011
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Augusto N. Sampaio Angelim www.augustonsampaioangelim.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários